Nenhum show de fogos de artifício no Navy Pier durante o fim de semana de 4 de julho

O Navy Pier não hospedará seus amados shows de fogos de artifício em 3 ou 4 de julho, mas oferecerá programação e atividades para toda a família, incluindo música ao vivo e apresentações de dança.

Fogos de artifício perto do Navy Pier em 4 de julho de 2017. Foto do arquivo Sun-Times

As festividades do 4 de julho do Navy Pier vão estourar sem estrondo novamente este ano, depois que os organizadores anunciaram na quinta-feira que os fogos de artifício não farão parte da comemoração de dois dias.

O Navy Pier não hospedará seus amados shows de fogos de artifício em 3 ou 4 de julho, de acordo com um comunicado à imprensa que culpou o status anteriormente desconhecido da pandemia COVID-19 em Chicago neste verão e seu impacto na capacidade do Pier de planejar com sucesso para o celebração em grande escala com antecedência.



O píer oferecerá programação e atividades para toda a família, incluindo música ao vivo e apresentações de dança, de acordo com o comunicado. Os hóspedes também podem desfrutar de atrações que não foram inauguradas no ano passado, como a icônica Roda do Centenário e outros passeios e atrações.

Isso marca o segundo ano consecutivo em que o Navy Pier anulou seus shows de fogos de artifício de quatro de julho, que duram 15 minutos.

O planejamento para esta celebração teria que começar em março para obter os recursos de segurança regionais e federais necessários e desenvolver um plano abrangente para salvaguardar o bem-estar dos mais de 100.000 convidados que visitam o cais naquele dia em antecipação ao único show formal de fogos de artifício em a cidade, afirma o comunicado.

Dado o curto tempo de espera após o recente anúncio dos respectivos planos de reabertura da Fase 5 de Illinois e Chicago, o Pier foi incapaz de começar os preparativos a tempo de garantir uma celebração bem-sucedida neste ano.

Os fogos de artifício serão retomados no Navy Pier em 7 de julho, com shows planejados todas as quartas e sábados até o fim de semana do Dia do Trabalho.